Violino

Bem-vindo!

Vídeo da semana!

Violino

Violino é um blog com dicas, técnicas e curiosidades sobre o mundo do violino voltado ao público iniciante no instrumento.

Eu, Tiago Cox, moro em Belo Horizonte e sou músico profissional. Sou professor de violino, arranjador, compositor, toco em orquestras, cerimônias de casamento e eventos em geral.

Seja bem-vindo ao meu blog!
>

Blog Violino

por

Redes Sociais

Acompanhe o blog nas redes sociais

PARTITURAS GRÁTIS PARA DOWNLOAD

Clique aqui e acesse a lista de partituras

    Postado por: Tiago Cox Data: quinta-feira, fevereiro 21, 2013 / comentário : 0

    Todos nós nos preocupamos com as notas, elas precisam ser afinadinhas e com boa sonoridade. Mas e as pausas? Será que respeitamos a duração de cada uma?

     


    Pausas de semibreve, mínima e semínima são fáceis de executar. Porém, as pausas de duração menor exigem um pouco mais de estudo. Ex.: Ao adicionar um ponto a uma pausa de colcheia, teremos três quartos  de pausa na fórmula 4/4.  Parece simples a execução, mas se preenchermos o último quarto do tempo com uma semicolcheia e ligarmos a uma colcheia no próximo tempo, esse ritmo se torna mais complexo.  Se a combinação for:


     

    Vixi... Agora complicou tudo! Calma... A solução para esse tipo de "quebra-cabeças" é simples! Vamos subdividir os tempos. Nessa fórmula (4/4) a melhor coisa a fazer é contar a8 , ou seja, cada tempo será divido por dois: 1-2, 3-4, 5-6, 7-8 ou 1 e, 2 e, 3 e , 4 e (acho a subdivisão com o "e" mais fácil). Pronto! Agora tudo se tornou fácil. Quanto mais complexo for o problema rítmico, maior deve ser a subdivisão. Lembre-se de sempre estudar ritmo com o metrônomo.

     Até a próxima...

    icon allbkg

    Tagged:

    Próximo
    Postagem mais recente
    Anterior
    Postagem mais antiga

    Nenhum comentário :

    Gostou? Deixe um comentário!

    Obrigado! Seu comentário será revisado.

Comentários

dos leitores