Violino

Bem-vindo!

Vídeo da semana!

Violino

Violino é um blog com dicas, técnicas e curiosidades sobre o mundo do violino voltado ao público iniciante no instrumento.

Eu, Tiago Cox, moro em Belo Horizonte e sou músico profissional. Sou professor de violino, arranjador, compositor, toco em orquestras, cerimônias de casamento e eventos em geral.

Seja bem-vindo ao meu blog!
>

Blog Violino

por

Redes Sociais

Acompanhe o blog nas redes sociais

PARTITURAS GRÁTIS PARA DOWNLOAD

Clique aqui e acesse a lista de partituras

    Postado por: Tiago Cox Data: domingo, janeiro 11, 2015 / comentário : 1

    Olá leitores!

    O Thiago me perguntou na página do blog sobre os violinos elétricos. Bom, é um assunto meio complicado de se tratar... Mas vamos lá! Vou falar um pouco sobre os violinos elétricos e como comprar um violino que realmente vale a pena.


    Primeiramente vamos entender um pouco sobre o instrumento.



    O violino elétrico é bem diferente do violino acústico, em todos os aspectos. Por melhor que seja, o som não se compara a um violino acústico. Mas existem alternativas para que procura um som mais natural, que é o caso dos violinos eletroacústicos. É bem comum ver esse tipo de violino, o luthier instala um captador no instrumentos e pronto! Particularmente eu tenho dó de fazer isso... Vou deixar claro que não sou contra essa prática.


    Nos violinos elétricos, ao contrário do que muitos acreditam, o ponto a se dar mais atenção não é a madeira (senão os violinos de acrílico seriam um fracasso). A forma de captação do som é mais importante. Claro que um violino elétrico construído com madeira boa vai levar vantagem sobre outro com material inferior. Enfim... Vamos deixar a madeira um pouco de lado agora.


    Já tive a oportunidade de tocar e analisar vários violinos elétricos e a primeira coisa notável (além de serem maciços) é o cavalete. Exatamente o ponto chave da captação! No geral, vi dois tipos de captadores...


    Alguns dos violinos elétricos possuem como captador o cavalete inteiro. Apesar de funcionar, não é melhor opção. Imagine que você comprou um violino com o cavalete assim, ai vai tocar e percebe que o cavalete não está bem "cortado". Então? Como ajustar? Não é possível... Se você cortar o cavalete danifica o captador... Já vi esse tipo de captador em violinos mais baratos, aqueles de acrílico ou de plástico que custam poucos dólares.

    O outro caso que vi, são violinos projetados com o captador abaixo do cavalete de madeira. Na minha opinião a melhor opção. Nesse caso é fácil ajustar o instrumento é deixá-lo confortável para tocar.

    Concluindo, na hora de comprar um violino elétrico, dê bastante atenção ao tipo de captador.


    Para entender melhor como é feita a captação do violino e tipos de captadores, estou deixando aqui o link da dissertação do mestrado em música do Leonardo Oliveira da Cunha. Leonardo Cunha é um violinista e maestro bem conhecido aqui em Belo Horizonte. Nesse trabalho ele aborda de forma técnica como é feita a captação do som do violino através de microfones e captadores.

    Link: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/AAGS-825FF4/a_capta__o_do_som_do_violino___leonardo_cunha.pdf?sequence=1


    Bom, creio que esse artigo irá ajudar muitas pessoas que pretendem investir em um instrumento elétrico.

    E ai, gostou? Deixa um comentário!
    Quer acrescentar algo? Deixe um comentário!


    Grande abraço e até a próxima!

    icon allbkg

    Tagged:

    Próximo
    Postagem mais recente
    Anterior
    Postagem mais antiga

    1 para Violino elétrico, como funciona e como escolher

    Obrigado! Seu comentário será revisado.

Comentários

dos leitores